quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

ORIXÁS DA UMBANDA - NANÃ BURUKÊ

Antes de iniciar esse post, quero ressaltar que as singelas explicações abaixo referem-se aos Orixás na Umbanda. Sabemos que os irmãos do Candomblé, do Batuque e outras religiões de matriz africana, possuem outros conceitos, explicações, utilizam-se da mitologia, entre outros elementos, para explicar e trabalhar com os Orixás. Nesse blog, respeitando todas as opiniões diversas, serão passados apenas conceitos da Umbanda, no intuito de esclarecer os filhos de fé, acerca de seus pais e mães de cabeça!

Obrigado!

8ª ORIXÁ - NANÃ BURUKÊ - A CACURUCAIA  DOS ORIXÁS

A nona Orixá a ser comentada nesta pequena série de estudos sobre os Orixás que integram a Religião de Umbanda é Nanã Burukê.

Acredita-se que Nanã Burukê foi a primeira Yaba (Orixá Feminino) a surgir. Por isso mesmo, é tida como Cacurucaia dos Orixás, ou seja, uma Orixá velha, idosa.

É sincretizada com Sant'Ana a Santa Mãe de Maria, justamente por carregar o atributo de avó.

Nanã Burukê ou Buruku como também é conhecida, tem uma origem diferente dos demais Orixás até aqui já estudados. 

Conta-se que Nanã Burukê é uma Vodun (divindades da nação Jeje) que foi adotada como Orixá pelos Yorubás.


A Nação Jeje é oriunda da região de Daomé. A palavra Nanã nessa nação significa mãe, senhora.  

Chegou ao Brasil, assim como os demais Orixás, através dos negros escravos. Foi adotada como Orixá pela Umbanda.

Nanã Burukê é a Senhora das águas paradas, profundas, da chuva,  dos pântanos, dos mangues, da lama e da morte. Sua energia é densa e pesada. Anda sempre junto com Obaluaê, tido como um de seus filhos. 


Nanã Burukê representa a maturidade, a experiência e a sapiência.  É representada como a grande avó de energia amorosa e feminina.  

É a protetora dos idosos, desabrigados, doentes e deficientes visuais. 

Fato curioso, é que no culto de nação essa Orixá não se manifesta em homens, apenas em mulheres. Na Umbanda, os terreiros que possuem influência do culto de nação mantém esse impeditivo. Todavia, em outras casas os falangeiros de Nanã se manifestam normalmente, sejam em homens ou mulheres. 


É conhecida também por Nanã Buruku,  Nanã Buluku, Nanã Buru, Nanã Boroucou, Nanã Borodo, Anamburucu e Nanã Borutu.

Seu dia da semana é o Sábado para alguns e a Segunda-Feira para outros.

Seu dia do ano, em razão do sincretismo, é comemorado em 26 de julho.

Suas cores são o roxo,  lilás e branco.

Seus símbolos são uma vassoura de palha ou Ibiri (cetro de palha da costa, com talos de dendezeiro e búzios). 

Sua saudação é "Salubá Nanã!"

Suas oferendas levam velas roxas, lilás e brancas, flores roxas, champagne rosé e frutas como uvas roxas, ameixas , figo, melancia e melão.  Tudo o que for oferecido a Nanã Burukê não pode ser cortado ou manipulado por metais, como facas, tesouras, etc. Deve ser tudo feito manualmente ou com auxílio de instrumentos de madeira. 


São entregues nos mangues, pântanos e ao lado de poços.  

Da Linha de Nanã Burukê originam inúmeras falanges de cabolos, pretos velhos, exus e pombagiras. Lembrando mais uma vez que não Umbanda não há manifestação do Orixá em si, mas sim de falangeiros. 


PONTOS


Seguem abaixo alguns dos pontos cantados para saudar Nanã Burukê.


PONTO 01


Atraca atraca que aí vem Nanã ê ê,
Atraca atraca que aí vem Nanã ê á,


Atraca atraca que aí vem Nanã ê ê
Atraca atraca que aí vem Nanã ê á,


É Nanã Burukê, é quem vem saravá, ê ê
É Nanã e Oxum é quem vem saravá, ê á


É Nanã Burukê, é quem vem saravá, ê ê
Atraca, atraca que aí vem Nanã ê á.

PONTO 02 


São flores Nanã, são flores!
São flores Nanã Burukê!


São flores Nanã, são flores!
De seu filho Obaluaê!


São flores Nanã, são flores!

São flores Nanã Burukê!

São flores Nanã, são flores!
De seu filho Obaluaê!



Nas horas de agonia,
É ele quem vem nos valer!
É seu filho Nanã, É meu Pai!
Ele é Obaluaê!


É seu filho Nanã, É meu Pai!
Ele é Obaluaê! 


PONTO 03


Senhora Santana, quando andou pelos montes,
Senhora Santana, quando andou pelos montes,

Por onde passava, deixava uma fonte,
Por onde passava, deixava uma fonte,

Os Anjos que vinham beber água dela,
Que água tão linda, Senhora tão bela!
Que água tão linda, Senhora tão bela!

PONTO 04

Na coroa de Zambi eu vi Nanã!

Auê eu vi Nanã!

Na coroa de Zambi eu vi Nanã!
Auê eu vi Nanã!

PONTO 05

Senhora Sant'Ana, 
dela só emana,
Muito amor e Paz!

Vejo ajoelhado!
Seu trono dourado!
Seu manto Lilás!

Águas que descem o rio,
Lavando todo esse chão!

Ah, eu queria dizer,
Seu nome Nanã Burukê,
Jamais ei de esquecer!

Êêê, Nanã Burukê!
Êêê, Nanã Burukê!

Êêê, Nanã Burukê!
Êêê, Nanã Burukê!





20 comentários:

  1. Adorei aprender um pouco mas sobre nanã .
    um grande abraço a todos .
    Márcia cristina

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou irmã!
    Seja bem vinda!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Adoro.....Muito MARAA.....sou filho dela.....e ela é MARAVILHOSA...apesar de ela ...não..''baixar''em homens.....Amo ela de todo coração!!!!!!!!!e a seu filho tbm....que é meu Pai....Òbáluayê!!!!!!!!!!!ATOTÔ.......SALUBÁ.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também sou filha de nana e meu pai e baluae.na verdade ela eu descobri a pouco dias ele eu descobri quando fiz meu amaci.um abraço

      Excluir
    2. sou filho de Nanã Burukê e de obaluae muitos dizem que nanã não se manifesta em homens pois minha mãe de santo diz que isso não e verdade e que muito gente imventa isso e eu acredto no q ela faz ainda sou iniciante sou adé bom por causa dessas perguntas eu fikei traumatizado joguei varias vesez claro minha mãe jogou saiu nanã e obaluae varias vesez e pensei q ia pular mais não pula fui em outras casas deu nanã do mesmo jeito não adianta no jogo de buzius e estou para deitar depois do carnaval rs axé meus irmãos

      Excluir
  4. Que bom Reginaldo!

    Que Nanã Burukê e Obaluaê sempre possam iluminar seus caminhos!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  5. carmelita maria gomes de lima8 de novembro de 2011 22:17

    QUAL SAO OS EXUS DE NANAN. CARMELITA _ filha de nanan

    ResponderExcluir
  6. Olá Carmelita!

    Exus e Pombagiras de Nanã são muito raros. Dificilmente se encontra um médium que trabalha com eles.

    Todavia, apenas para não deixá-la sem respostas, após minhas humildes pesquisas, pode-se dizer que são de Nanã as entidades: Exu Gegerê e Pombagira Cacurucaia. S.m.j.

    ResponderExcluir
  7. na umbanda nana se apresenta como " quais são os nomes que ela dá " tia nana ou nana da praia da cachoeira não entendo bem teria como me explicar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Na Umbanda não existe a incorporação do Orixá, pois isso é algo impossível, já que o Orixá é uma dividade da natureza, uma força inimaginável. Médium nenhum seria capaz de receber tal força. O que ocorre é que espíritos, geralmente de caboclos, se manifestam trazendo a irradiação desse Orixá. Assim, podem se manifestar nos terreiros diversas entidades de Nanã, Caboclas geralmente com apresentação de mais idade, do que as demais. Também pode ocorrer a manifestação dos chamados falangeiros. Estes espíritos possuem uma energia mais forte e densa. Ao contrário do que se dá na manifestação dos caboclos, os falangeiros não falam, não riscam pontos e sua incorporação se dá de maneira breve. Ou seja, apenas trazem o Axé do Orixá e vão embora. Todavia, esses falangeiros em nada tem haver com o Candomblé, visto que se tratam de espíritos mais ligados à energia do Orixá.

      Excluir
  8. sou homem e filho de Nanã , e sempre recebo ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha. Em primeiro lugar na Umbanda Orixá não "Baixa". O que você pode receber é um/uma caboclo(a) de Nanã. Até aí sem problemas. Porém, se você receber um(a) falangeiro(a) de Nanã (espírito mais próximo ao Orixá, não se confundindo com este, porém com uma energia mais densa e pura do que os caboclos) ao meu ver é uma situação inusitada! Até porque é pacífico o entendimento nos cultos à Nanã que sua energia não é compatível com os homens, mas só com as mulheres. Não duvido de sua mediunidade, mas essa situação é algo raro a ser estudado!

      Excluir
  9. Olá meu nome é Cristiano, sou filho de Nanã e digo que a umbanda é
    um mistério , tudo muda , assim é a evolução.
    e por se tratar de mistério Nanã é o mais fechado deles.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito Cristiano! A Umbanda ainda é uma religião em formação. Muitos estudos ainda estão pendentes para que possamos estabelecer alguns conceitos.Se a Orixá Nanã é um mistério dentro do culto de nação, o que dizer dentro da Umbanda! Nosso dever é observar e aprofundar os conhecimentos!
      Seja bem vindo ao blog! Abraço!

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta.
      Na pergunta mais acima tinha sido minha também, e realmente sou filho de Nanã e recebo sua energia,
      por isso estou compartilhando com vocês.
      por se tratar de uma informação importante dentro da Umbanda.

      Excluir
  10. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Recebo constantemente Nanã e Omulu, não entendo bem porquê, será que vai acontecer sempre?
    É comum acontecer isso numa casa de umbanda? Só acontece comigo

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    No inicio do desenvolvimento, é normal que você sinta a vibração de todos os orixás. Com o passar do tempo, essa energia vai se acentuando, muitas vezes nas linhas que comandam sua cabeça. Se você sente a energia, deixe-a trabalhar!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Olá meu nome é fernanda já me disseram q sou filha de nanã e carrego uma pombogira com o nome de maria padilha das 7 catacumbas.Eu gostaria de saber se ela existe mesmo e se sou filha de Nanã mesmo como faço? Obrigada.

    ResponderExcluir
  14. Olá meu nome é fernanda já me disseram q sou filha de nanã e carrego uma pombogira com o nome de maria padilha das 7 catacumbas.Eu gostaria de saber se ela existe mesmo e se sou filha de Nanã mesmo como faço? Obrigada.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião

T.U. Filhos da Vovó Rita

T.U. Filhos da Vovó Rita